24 junho, 2016

Abuso espiritual: danos, sintomas e tratamento


Por Allan Felipe Freitas

Não é pouca a minha preocupação com a enorme quantidade de gente traumatizada pela selvageria da indústria religiosa. O que mais vejo são pessoas feridas, abusadas e enganadas.

Aprofundando a discussão iniciada o no texto anterior: Estuprados na Alma, no qual foi dada uma definição do que seria o abuso espiritual propriamente dito, o presente texto abordará as seguintes questões ligadas a temática do abuso espiritual: danos, sintomas e tratamento.


Os danos causados pelo abuso espiritual

Há casos em que o controle exercido pelo líder autoritário e abusador é tanto que a pessoa não pode comprar um eletrodoméstico ou fazer uma viagem em família sem antes pedir a autorização da liderança religiosa.

O tripé de sustentação usado para manter o controle é composto pela culpa,  medo e a ambição.

O líder está em uma posição de superioridade, pois costuma estar em evidência, portando um microfone e falando do alto de uma plataforma. O abusador gosta de reafirmar ser o representante de Deus. Infelizmente muitas comunidades costumam acatar esse tipo de discurso.

O líder fala em nome de Deus. Quem vai questionar?

O fiel fica sem alternativa. Deus está falando, como não vou obedecer? Se ele discordar do que é dito é taxado de rebelde, herege, apóstata, enviado de Satanás... daí para baixo.

O sistema religioso funciona com base no controle. É tudo muito bem elaborado para que aquele que discordar de alguma “autoridade” receba a devida punição.

Não é toda igreja e nem é toda a denominação em que esta lógica se perpetua. Todavia, em muitos locais há um verdadeiro aparato de exploração, manipulação e abuso que causam inúmeros distúrbios psicológicos.

É comum encontrarmos vítimas de abuso espiritual que desenvolveram quadros de Depressão, Síndrome do Pânico, Fobias, Transtornos de Ansiedade, Síndrome de Burnout, Transtorno de Estresse Pós-Traumático e Traumas severos.

Muita gente está ferida e não quer mais saber de igreja. Algumas estão profundamente decepcionadas com Deus depois de terem vivenciando experiências tão dolorosas e traumáticas.

A boa notícia é que existe tratamento para quem sofreu abuso espiritual. Se você foi vítima de abuso espiritual, você pode procurar um psicólogo especializado nessa temática. A psicoterapia irá facilitar a elaboração dos medos, ansiedades e traumas gerados pelo abuso. Além disso, poderá lhe oferecer meios para ressignificar o ocorrido. Assim, num acompanhamento psicológico é possível tratar a causa e os sintomas.


Se você precisar de ajuda, conte comigo. Estou disponível para lhe ajudar no que for possível. Sou psicólogo clínico e possuo experiência em atendimento a vítimas de abuso espiritual.


Entre em contato.

Podemos agendar uma avaliação gratuita!

Meu e-mail é: allanfelipe.psi@gmail.com


*Allan Felipe Freitas é psicólogo formado pela (UVA), responsável pelo blog Evangelho Sem Censura, atua como psicoterapeuta e palestrante, possui vasta experiência em pesquisa e atendimento a pessoas vítimas de abuso espiritual.


Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Invista em você

Invista em você
© Evangelho Sem Censura 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis