07 abril, 2015

Não vá para a cama com ela!

“Quando vocês ficarem irados, não pequem. 
Apaziguem a sua ira antes que o sol se ponha,
 e não deem lugar ao diabo.”
(Efésios 4.26-27)

Você já sentiu raiva do seu cônjuge? Eu já senti e é claro que você que é casado (a), já passou por isso também. Todos experimentamos os mesmos sentimentos uma vez ou outra, afinal, somos humanos! O próprio Jesus sentiu-se assim!

As Escrituras desafiam: Quando vocês ficarem irados, não pequem... . O princípio chave aqui é que não devemos nos enraivecer, mas quando isto acontecer, não devemos pecar. Precisamos expressar a nossa ira de maneira construtiva. Penso que existem muitos cristãos que consideram a ira pecado. É por isso que diversas pessoas tentam reprimi-la.

Ficamos irados com alguma cosa no trabalho, no trânsito maluco da cidade ou quando um amigo falha conosco. Finalmente, chegamos em casa fervendo de raiva e semelhantemente a um vulcão em erupção, lançamos toda lava de nossa ira sobre os mais próximos, geralmente nossos filhos e, principalmente, nosso cônjuge. A ira nos leva a pecar expressando a raiva dessa forma, que é o oposto do que Paulo nos aconselha.

Existem maneiras de se lidar com a ria, sem pecar:

1.      Reconhecer que a ira existe.
2.      Refletir calmamente no motivo que a provocou.
3.      Verbalizar adequadamente essa ira ao ofensor.
4.      Entregar a questão ao Senhor.
5.      Não insistir no assunto, não se deter tempo demais nisso, prosseguir a vida normalmente.

Há um enforque todo especial na frase: ...Apaziguem a sua ira antes que o sol se ponha... . Isto quer dizer que não devemos ir dormir com raiva. Quando permitimos que a amargura permaneça em nosso coração durante dias ou até meses e anos, ela se infiltra em nossa alma, tentando perpetuar-se. Paulo diz que ao adiarmos o arrependimento e o perdão, favorecemos a Satanás (Efésios 4.27).

Você está com raiva de algo ou de alguém? Se sua resposta for sim, você pode identificar por quê? Se não consegue fazer isso por si mesmo, estaria disposto (a) a buscar ajuda de um conselheiro?

É minha oração que você durmam diariamente um sono realmente tranqüilo no tocante à certeza de que... o sol não está se pondo sobre sua ira.


Pense nisso

Se vocês ofenderam ou feriram seu cônjuge durante a última semana, aproveitem a oportunidade para pedir perdão a ele (a) e em seguida orem juntos.



*Texto extraído do livro “Devocional para Casais: reflexões para uma vida a dois” de Jaime e Judith Kemp. Editora United Press.






Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Invista em você

Invista em você
© Evangelho Sem Censura 2012 | Blogger Template by Enny Law - Ngetik Dot Com - Nulis